Ferroviário Atlético Clube

Ferroviário Atlético Clube

NOTÍCIA

Ferroviário vence o Treze no jogo de ida na final do Brasileirão

31 de julho de 2018

Mais uma segunda-feira histórica para o Ferroviário Atlético Clube. Na partida de ida da final do Campeonato Brasileiro, o Tubarão da Barra saiu vitorioso pelo placar de 3 a 0, no confronto contra o Treze/PB, os gols foram marcados por Janeudo, Edson Cariús e Robson Simplício.

O jogo

A partida começou com as duas equipes se estudando, mas o Ferroviário tratou logo de ameaçar o adversário. A primeira chegada foi aos sete minutos, Edson Cariús avançou pela esquerda, chutou cruzado e o goleiro do Treze espalmou. A pressão coral seguiu minutos depois, Lucas Mendes arriscou um chute de longe e a bola foi fraca para o gol. Aos dezoito, Mauro salvou o time paraibano, Luis Soares cabeceou e o arqueiro salvou o que seria o primeiro gol do Ferrão.

O bom futebol apresentado em campo e o maior domínio resultou em gol. Edson Cariús dominou com categoria, passou para Janeudo, que acertou um chutaço da entrada da área.

O adversário também ofendeu a meta coral, Marcelinho Paraíba chutou de longe e Gleibson realizou a primeira defesa. Apesar da chegada, o Ferroviário conseguiu articular mais as jogadas.

Após três minutos de acréscimo, o árbitro encerrou o primeiro tempo de jogo, o placar não sofreu nenhuma alteração. Na frente do marcador, os atletas do Ferroviário saíram sob aplausos da torcida.

Com a saída de bola, o Tubarão da Barra foi todo ataque no início da segunda etapa. No primeiro minuto, o time ameaçou duas vezes, a primeira em cobrança de escanteio, Cariús cabeceou com firmeza e a bola passou próximo ao gol do Treze. Na segunda chegada, Cariús recebeu pela direita, fintou o zagueiro, bateu cruzado e a bola tocou na rede pelo lado de fora.

Gleibson novamente foi exigido e correspondeu, Marcelinho Paraíba cobrou a falta e o arqueiro coral fez grande defesa. Aos treze, Lucas Mendes recebeu cartão amarelo. O time da Paraíba tentou equilibrar a partida, mas o Ferrão se impôs e ampliou o placar.

Luis Soares puxou rápido contra-ataque, driblou o adversário e cruzou na medida para Edson Cariús cabecear e balançar as redes, foi o segundo gol do Ferroviário.

Logo depois de dilatar o placar, Marcelo Vilar realizou a primeira substituição, o meia Jean entrou no lugar de Esquerdinha. Com a partida sob controle, Vilar, aos vinte e seis sacou o atacante Luis Soares para colocar o volante Gleidson.

A equipe adversária bem que tentou ameaçar, mas a defesa coral sobressaiu e conseguiu ganhar as disputas de bola. Mais uma vez foi exigido, Gleibson salvou, após chegada perigosa do ataque do Treze. Marcelo fez a última alteração, um volante por outro, saiu Leanderson e entrou Robson Simplício.

O volante que tinha acabado de entrar teve a primeira chance de marcar, Robson Simplício recebeu, chutou colocado e a bola foi desviada pela defesa. Na segunda ele não desperdiçou, a defesa bobeou e Simplício finalizou com categoria, marcando um golaço.

Com o placar favorável, o Ferrão teve a maior posse de bola, controlou o restante do jogo e saiu com uma vitória de 3 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro.

O Ferroviário realizou uma grande apresentação dentro de seus domínios e conseguiu um grande resultado diante da forte equipe do Treze-PB. Agora, o elenco coral vai trabalhar focado no jogo de volta final. A partida será no dia 4 de agosto, às 18:30, no Estádio Amigão.

FICHA TÉCNICA

Ferroviário 3 X 0 Treze

Local: Arena Castelão
Data: 31/7/2018
Horário: 19:15
GOLS:
Ferroviário: Janeudo, Edson Cariús e Robson Simplício

Ferroviário: Gleibson, Lucas Mendes, Erandir, Afonso e Sávio; Mazinho, Leanderson (Robson Simplício), Esquerdinha (Jean) e Janeudo; Luis Soares (Gleidson) e Edson Cariús

Técnico: Marcelo Vilar

Cartão amarelo: Lucas Mendes

Público pagante: 6.407
Não pagante: 260
Renda: R$ 113.380,00

Foto: Pedro Chaves

Compartilhe nas redes sociais

Comente essa notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não obrigatoriamente representam a opinião do Ferroviário Atlético Clube. Mensagens que contrarie a lei, que ofenda o direito de terceiros, que incite a violência, que promova qualquer tipo de discriminação racial, religiosa, sexual, de idade ou contra povos, por exemplo, ou que afronte os valores médios presumidos da sociedade são considerados conteúdos ilegais ou impróprios e poderão ser excluídos e/ou, até, sofrer consequências jurídicas.