Ferroviário Atlético Clube

Ferroviário Atlético Clube

Campeonato Brasileiro

A maior e mais importante competição do futebol brasileiro, desconsiderando o recente reconhecimento da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa como Campeonato Brasileiro, teve início no ano de 1971, com o Ferrão tendo disputado a maioria de suas edições.

 

SÉRIE A

6 participações
Melhor colocação: 27º em 1981

SÉRIE B

8 participações
Melhor colocação: em 1971

SÉRIE C

12 participações
Melhor colocação: em 2006

SÉRIE D

2 participações, com 2018
Melhor colocação: 15º em 2009

 

Considerando o reconhecimento de todas as antigas edições, desde 1959, um total de 474 equipes já participaram alguma vez do Campeonato Brasileiro, em qualquer uma das suas divisões, e o Ferroviário figura no seleto grupo dos 65 times que mais vezes estiveram presentes. Na Série A, o Ferrão é uma das 157 equipes de todo o Brasil, e uma das 3 do Estado do Ceará, que alguma vez já integraram a principal divisão nacional.

AS PARTICIPAÇÕES CORAIS E A VOLTA AO CENÁRIO NACIONAL EM 2018

A estréia do Ferroviário na Série A aconteceu em 30/09/1979, fora de casa, contra o Potiguar/RN. Vitória coral por 2×1. Entre as três equipes cearenses que já participaram da primeira divisão nacional, o Ferrão é o time que mais demorou a ser derrotado. Enquanto o Ceará perdeu já em sua segunda partida e o Fortaleza em seu terceiro jogo, o Ferroviário conheceu a sua primeira derrota apenas em sua sétima partida, por 3×0 para o ABC/RN, em 28/10/1979. Sua maior vitória foi por 4×1 frente ao Fluminense/RJ, em 28/01/1981.

Justamente no primeiro ano de realização do Campeonato Brasileiro, o Ferrão estreou na Série B, em 12/09/1971, contra o Ferroviário/PE, em casa, e empatou em 1×1. Sua primeira vitória aconteceu já na sua segunda partida, contra o ABC/RN, fora de casa, por 1×0, em 26/09/1971. Apenas sofreu sua primeira derrota na quarta partida, para o Campinense/PB, por 2×1, em 17/10/1971. Sua maior vitória aconteceu em 13/09/1989: 3×0 sobre o River/PI.

O Ferroviário estreou na Série C do Campeonato Brasileiro com uma derrota, dentro de casa, por 1×0 para o Campinense/PB, em 23/10/1988. Seu primeiro triunfo foi diante do América/RN, fora de casa, por 3×2, em 30/10/1988. Sua maior vitória aconteceu em 28/09/1998, na goleada de 7×0 frente ao Corisabbá/PI. Outro placar de destaque aconteceu no dia 15/11/2006, quando o Ferrão goleou por 7×2 o Bahia/BA.

Pela Série D, o Ferroviário esteve presente na primeira edição, perdendo do Alecrim/RN na estreia por 1×0, no dia 05/07/2009. A primeira vitória veio no dia 19/07/2009, pelo placar de 3×0 sobre o Flamengo/PI, tornando-se a maior goleada coral nesta série.

Acompanhe tabela, classificação e outros detalhes da Série D do Brasileirão 2018 no site da Confederação Brasileira de Futebol: www.cbf.com.br

Clique aqui para conferir a agenda completa de jogos do Ferrão no ano, considerando todas as competições em disputa.

Segue uma análise especial sobre todos os anos de Brasileirão. Primeiramente uma abrangência geral na competição de cada ano, destacando todos os times cearenses participantes, depois um detalhamento na série em que o Ferrão atuou.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1971

O primeiro campeonato nacional teve clubes classificados a partir de uma Seletiva Estadual. O time do Ceará foi o representante cearense na série A, e na série B estiveram Ferroviário e Guarany de Sobral.

Série B – Participaram naquele ano 23 times separados por regiões: Norte, Nordeste, Sul e Centro. Na primeira fase, o Ferrão ficou em uma chave com mais três times: Ferroviário-PE, ABC-RN e Campinense-PB. Depois dos jogos de ida e de volta, o time coral foi o campeão do grupo, classificando-se para a outra fase, fazendo parte de uma chave com Itabaiana-SE e Flamengo-PI, os campeões dos outros dois grupos do Nordeste. Novamente com jogos de ida e volta, o Ferroviário, desta vez, ficou em segundo na chave e fora das finais.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1972 À 1978

Apesar da boa campanha feita em 1971, o Ferroviário ficou de fora dos Brasileirões de 1972 à 1978. Dos clubes cearenses, em 1972 participou da série A o Ceará, e da série B participaram Calouros, Fortaleza, Guarany de Sobral e Maguari. De 1973 à 1978, Ceará e Fortaleza participaram da série A. Não houve disputa de outras divisões nestes anos.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1979

O Ferroviário volta a participar do Brasileirão, desta feita na série A, juntamente com Ceará e Fortaleza. Não houve disputa nas outras séries.

Série A – Participaram 94 times no total. O Ferrão foi desclassificado logo na primeira fase, não obtendo a pontuação necessária no seu grupo, que era composto, além do time coral, por mais 9 equipes: Potiguar-RN, Itabaiana-SE, ASA-AL, CSA-AL, CRB-AL, Fortaleza-CE, ABC-RN, Leônico-BA e América-RN. Os jogos aconteceram em turno único.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1980

O Ferrão prossegue na série A, junto com o Ceará. O Fortaleza é rebaixado para a série B.

Série A – Um total de 44 times participaram. O Ferroviário iniciou a primeira fase em um grupo composto de mais 9 equipes: Náutico-PE, Santos-SP, Ponte Preta-SP, Internacional-RS, Itabaiana-SE, Flamengo-RJ, São Paulo-RS, Mixto-MT, Botafogo-PB. Com os bons resultados obtidos, o Ferrão classificou-se para a segunda fase, compondo uma nova chave de 4 times, que, além do Ferroviário, tinha: Desportiva-ES, Remo-PA e Coritiba-PR. Não prosseguindo com a boa fase, o time coral é eliminado da competição.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1981

O Ferroviário continua na série A, desta vez tendo a companhia do Fortaleza. O Ceará foi rebaixado para a série B, que contava também com a participação do Guarany de Sobral. Já a série C, que estava acontecendo pela primeira vez naquele ano, teve a presença do Icasa.

Série A – Novamente 44 times participaram. Na primeira fase, o Ferroviário obtém bons resultados, jogando dentro de um grupo com Campinense-PB, Sport-PE, Atlético-MG, Fluminense-RJ, América-RN, São Paulo-SP, CSA-AL, Mixto-MT e Ríver-PI, classificando-se, portanto, para a próxima etapa da competição. Destaque para a goleda coral em cima do Fluminese: 4×1. Na segunda fase o Ferrão não vai bem e é desclassificado, em um grupo que era formado por mais 3 times: Cruzeiro-MG, Operário-MS e Náutico-PE.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1982

Na série A continua mais uma vez o Ferroviário, juntamente com o Ceará. Já o Fortaleza cai mais uma vez e vai disputar a série B, que também conta com a presença do Tiradentes.

Série A – O regulamento era um pouco confuso para os 44 times que participaram desta divisão. O Ferroviário, na primeira fase, jogou em um grupo com Náutico-PE, Treze-PB, São Paulo-SP e Flamengo-RJ, ficando em último lugar, com apenas 2 vitórias, conseguidas em cima do Náutico.

Série B – Com os resultados da Série A, o Ferrão foi disputar as oitavas-de-final da série B, contra o Itabaiana-SE, sendo eliminado apenas por ter levado mais gols em casa do que fora.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1983

Continuando o sobe-e-desce, o Fortaleza vem para a série A, fazer companhia ao Ferrão, e o Ceará cai para a série B, jogar ao lado do Guarany de Sobral.

Série A – O regulamento e o número de participantes eram o mesmo de 1982, e o Ferrão desta vez ficou em quarto lugar no seu grupo, que também faziam parte: Vasco-RJ, Náutico-PE, Cruzeiro-MG e Treze-PB. Foi disputar a repescagem contra o Botafogo-RJ, em jogo único no Rio de Janeiro, levando a pior e perdendo a disputa.

Série B – O Ferrão entrou, mais uma vez, nas oitavas-de-final da série B, jogando contra o Londrina-PR. Ganhou em casa e perdeu fora, sendo desclassificado pelo saldo de gols.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1984

Ferroviário e Fortaleza continuam na série A, e o Ceará, agora com a companhia do Icasa de Juazeiro do Norte, segue na série B.

Série A – Diferentemente dos anos anteriores, onde 44 times participaram, este ano foram 41 equipes. Na primeira fase o Ferrão ficou em um grupo juntamente com Fluminense-RJ, Confiança-SE, Santos-SP, ABC-RN e Confiança-SE. No primeiro jogo do campeonato o Ferrão empatou em 0x0 com o tricolor carioca, que se sagrou campeão brasileiro daquele ano. Finalizou a primeira faase em quarto lugar na chave e acabou derrotado na repescagem pelo Coritiba-PR.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1985

O Ferrão ficou de fora do Campeonato Brasileiro neste ano. O Ceará integrou a série A e o Fortaleza participou da série B.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1986

Depois de seis anos seguidos na série A, o Ferrão volta ao Brasileiro, agora disputando a série B, juntamente com o Guarany de Sobral. Na série A estavam Ceará e Fortaleza.

Série B – O Ferroviário foi eliminado logo na primeira fase. Após jogos em turno único, classificou-se apenas o primeiro lugar do grupo, que era composto por nove equipes: além do Ferroviário, fazia parte o Treze-PB, Ríver-PI, Guarany-CE, Maranhão-MA, América-RN, Sport Belém-PA, Moto Clube-MA e Rio Negro-AM.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1987

Com a criação, naquele ano, da Copa União, o Ceará participou da série A, que abrangia os módulos verde e amarelo, já Ferroviário e Fortaleza estiveram presentes na série B.

Série B – Quarenta e oito equipe foram divididas em dois módulos: Azul e Branco. Dentro dos módulos existiam seis grupos. O Ferrão fazia parte de um ao lado de: Maranhão-MA, Sampaio Corrêa-MA e Serrano-BA. Com uma belíssima campanha, o Ferroviário classifica-se para a outra fase da competição, disputando contra o América-RN uma melhor de três partidas, da qual sai perdedor e é desclassificado.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1988

Como apenas os campeões dos módulos azul e branco continuaram na série B este ano, o Ferroviário acabou participando da série C. O Ceará desceu para a série B e o Fortaleza ficou de fora de todas as divisões.

Série C – O Ferrão não foi bem e desclassificou-se logo na primeira fase, não conseguindo ficar entre os dois primeiros do grupo, que tinha Ferroviário, Campinense-PB, ABC-RN e América-RN.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1989

O Ferroviário volta à série B, juntamente com Ceará e Fortaleza.

Série B – Novamente o Ferroviário fica de fora do restante do campeonato logo na primeira fase. Estavam em seu grupo: Ceará-CE, Ríver-PI, 4 de Julho-PI, Flamengo-PI e Fortaleza-CE.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1990

O Ferroviário não participa do Brasileirão deste ano. Já o Ceará marcou mais uma vez presença na série B, enquanto o Fortaleza foi rebaixado para a série C.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1991

O Ferrão, juntamente com Ceará e Fortaleza, volta a disputar o principal campeonato nacional, fazendo parte da série B.

Série B – Após todos os jogos de ida e volta, o Ferrão não aparece entre os dois primeiros lugares do grupo e é desclassificado prematuramente do campeonato, que tinha sessenta e quatro equipes. O grupo que o Ferroviário fez parte na primeira fase era composto ainda de: ABC-RN, América-RN, Fortaleza-CE, Ceará-CE, Moto Clube-MA, Auto Esporte-PI e Parnaíba-PI.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1992

Neste ano, o Ferrão participa da série C. Os outros cearenses, Ceará e Fortaleza, permaneceram na série B do Campeonato Brasileiro.

Série C – O Ferrão faz uma campanha bastante irregular e cai na primeira fase mais uma vez. O grupo coral nesta etapa esteve composto de mais 4 equipes: Auto Esporte-PB, Vitória-PE, CRB-AL e Treze-PB. Trinta e uma equipes faziam parte do campeonato.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1993

Visto que neste ano houve um acentuado acréscimo de times na Série A, foi realizada uma Série B diferenciada, espécie de Seletiva Regional, onde os melhores classificados garantiam vaga para a mesma competição do ano seguinte. Ferroviário e Icasa foram os representantes cearenses. Já na Série A, participavam Ceará e Fortaleza.

Série B – Com uma campanha irregular, o Ferroviário não consegue atingir a posição que precisava para garantir a sua vaga, em um grupo que era composto, além do clube coral, por América-RN, Corinthians-RN, ABC-RN e Icasa-CE.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1994

Ferroviário de fora do Brasileiro neste ano. Ceará e Fortaleza estiveram na série B.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1995

O Ferrão, na série C, teve a companhia de Icasa e Fortaleza, que foi rebaixado no último campeonato. O Ceará continuou fazendo parte da série B.

Série C – Numa das maiores competições de todo o mundo, com cento e oito times, o Ferrão conseguiu se classificar entre os dois primeiros do seu grupo, que tinha também: Fortaleza-CE, Potiguar-RN e Alecrim-RN. Na segunda fase, o time coral enfrentou o ABC-RN, e, depois de dois empates, foi eliminado da competição por ter feito menos gols fora de casa do que o ABC.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1996

Ferrão e Fortaleza fazem parte da série C, enquanto o Ceará prossegue na B.

Série C – Um total de 58 equipes faziam parte do campeonato. Mais uma vez o Ferrão se classifica dentro de seu grupo, que era composto ainda por: Ríver-PI, Corisabá-PI e Fortaleza-CE. E mais uma vez também, o Ferroviário é eliminado na segunda fase, pelo time do Potiguar-RN.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1997

Ferroviário e Fortaleza tiveram a companhia dos times do Juazeiro e do Quixadá, disputando a série C. Na série B encontrava-se o Ceará.

Série C – Foi a melhor campanha coral em campeonatos nacionais até então. O Ferrão passou bem da primeira fase, classificando-se em um grupo que tinha Potiguar-RN, Quixadá-CE e Picos-PI. Na segunda fase, elimina o Porto-PE, com duas vitórias. Na terceira fase tira o Confiança-SE, vencendo nas cobranças de pênaltis. Desclassifica-se na quarta fase pelo futuro campeão brasileiro da série C, o Sampaio Corrêa. Acaba a competição em 5º lugar na classificação geral, à um passo da série B. A competição foi disputada por sessenta e quatro equipes.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1998

Icasa e Limoeiro fizeram companhia à Ferroviário e Fortaleza na série C do Campeonato Brasileiro. O Ceará permenece sozinho na série B.

Série C – O Ferrão fez uma campanha apenas regular e ficou de fora das próximas fases do campeonato. Foi desclassificado em seu grupo, que tinha: Moto Clube-MA, Picos-PI, Fortaleza-CE, Corisabá-PI e Viana-MA. Numa competição que teve a participação de sessenta e cinco equipes, o destaque coral foi a goleada massacrante de 7 a 0 em cima do Corissabá.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 1999 e 2000

O Ferroviário ficou de fora nestes dois anos. Em 99, o Fortaleza foi o representante local na série C e o Ceará na série B. Já no ano 2000, a equipe do Fortaleza, mesmo com as más campanhas obtidas nas últimas edições da Série C, passa a integrar a série B do Campeonato Brasileiro, que naquele ano foi chamada de Copa João Havelange.

CAMPEONATO BRASILEIRO 2001

Ceará e Fortaleza seguem na série B. Ferrão e Guarany de Sobral estiveram na série C.

Série C – O Ferrão fez uma ótima campanha na primeira fase da competição, ficando em primeiro lugar do seu grupo, que tinha, além dele e do Guarany, mais quatro times: Ríver-PI, Moto Clube-MA, Caxiense-MA e Tocantinópolis-TO. Na fase semifinal não conseguiu apresentar o mesmo futebol e acabou sendo desclassificado, em um grupo que tinha novamente o Guarany de Sobral e mais o Treze-PB, Rio Negro-RR e Ypiranga-AP.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2002

Ceará, Fortaleza e Guarany de Sobral (que ganhou a vaga devido à desistência do Malutron) estiveram representando o estado na série B. O Ferrão figurou na série C.

Série C – Com mais uma excelente campanha, o Ferrão chega repete novamente a sua melhor campanha e acaba a competição no 5º lugar geral, entre mais de 60 equipes, com destaque para a goleada de 7 a 0 em cima do time do Tocantins, do Maranhão. Na primeira fase o time coral esteve em um grupo com Ríver-PI e Maranhão-MA. Nas fases seguintes enfrentou Tocantins-MA, novamente Ríver-PI e Nacional-AM, onde acabou sendo desclassificado nas semifinais.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2003

Ceará continuou na Série B e o Fortaleza participou da série A. O Ferrão teve a companhia Itapipoca e Guarany de Sobral, dois clubes do interior do estado.

Série C – O Ferrão acabou sendo desclassificado na primeira fase, em um grupo onde tinham outros dois representantes cearenses: Itapipoca e Guarany de Sobral.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2004

Ceará e Fortaleza, como um dos rebaixados da série A, participaram da série B. O Ferroviário, junto do Limoeiro, esteve representando o estado alencarino na série C.

Série C – Em um grupo que ainda tinha Limoeiro, Parnahyba-PI e Ríver-PI, o Ferrão não se saiu bem e foi desclassificado logo na primeira fase da competição.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2005

Fortaleza esteve presente na Série A. O Ceará na B. O Ferroviário, junto do Icasa de Juazeiro do Norte, esteve representando o estado na Série C do Brasileirão.

Série C – O grupo coral da fase classificatória compreendeu, além do Ferroviário, as equipe do Icasa-CE, Serrano-PE e Piauí-PI. Líder do grupo e primeiro colocado geral dentre todos os participantes da primeira fase, o Ferrão foi desclassificado na segunda fase pelo time do América de Natal, que futuramente conquistou o acesso à série B.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2006

Fortaleza e Ceará estiveram na Série B. O Ferroviário, novamente junto do Icasa de Juazeiro do Norte, representou o estado cearense no Brasileiro da Série C.

Série C – Pela terceira vez nos últimos anos, o Ferrão fica à uma vaga de subir novamente para a Série B, após enfrentar com muita qualidade outras grandes equipes nacionais, inclusive goleando impiedosamente o Bahia, campeão da série A em 1988, por 7 a 2. Na primeira fase esteve em um grupo com Ypiranga-PE, Treze-PB e Potiguar-RN. Na segunda fase enfrentou Confiança-SE, Porto-PE e Vitória-BA. Na terceira fase se juntou à Ananindeua-PA, Bahia-BA e Rio Negro-RN. Na quarta e última fase duelou no grupo que tinha ainda Barueri-SP, novamente Bahia-BA, novamente Vitória-BA, Criciúma-SC, novamente Treze-PB, Brasil-RS e Ipatinga-MG.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2007 e 2008

Apesar de ter sido um dos mais destacados times da edição 2006 do campeonato, o Ferrão ficou de fora do Brasileirão durante estes dois anos. Fortaleza e Ceará estiveram na Série B, enquanto o Icasa participou da Série C, tendo a companhia da equipe do Itapipoca em 2007 e do Horizonte em 2008.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2009

Fortaleza e Ceará estiveram na Série B. O Icasa disputou a Série C. O Ferroviário participou, fazendo sua estreia, na primeira Série D do país.

Série D – O Ferrão terminou a primeira fase como líder do seu grupo, que tinha Alecrim/RN, Treze/PB e Flamengo/PI. Na segunda fase foi eliminado pelo Sergipe/SE.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2010 À 2017

O Ferroviário ficou de fora dos Brasileirões de 2010 à 2017. Em 2010, o Ceará esteve na Série A, o Icasa na Série B, o Fortaleza na Série C e o Guarany de Sobral na Série D. Em 2011, o Ceará na Série A, o Icasa na Série B, o Fortaleza e o Guarany de Sobral na Série C, e o Guarani de Juazeiro na Série D. Em 2012, o Ceará na Série B, o Fortaleza, o Guarany de Sobral e o Icasa na Série C, e o Horizonte na Série D. Em 2013, Ceará e Icasa na Série B, Fortaleza na Série C, e Guarany de Sobral e Tiradentes na Série D. Em 2014, Ceará e Icasa na Série B, Fortaleza na Série C e Guarany de Sobral na Série D. Em 2015, Ceará na Série B, Fortaleza e Icasa na Série C, e Guarani de Juazeiro na Série D. Em 2016, Ceará na Série B, Fortaleza na Série C, e Guarani de Juazeiro, Icasa e Uniclinic na Série D. Em 2017, Ceará na Série B, Fortaleza na Série C, e Guarani de Juazeiro e Guarany de Sobral na Série D.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO 2018

Após 8 anos distante do Campeonato Brasileiro, o Ferroviário, com o status de vice-campeão cearense, retorna a uma disputa nacional integrando a Série D ao lado do Guarani de Juazeiro. Na Série B, o Fortaleza representará o Estado, enquanto o Ceará ainda luta por uma vaga na Série A.

Série D – A CBF ainda não divulgou a tabela da Série D de 2018.