Ferroviário Atlético Clube

Ferroviário Atlético Clube

NOTÍCIA

NOTA DE REPÚDIO À MATÉRIA DO OPOVO

08 de Março de 2018

A Diretoria do Ferroviário Atlético Clube vem manifestar publicamente seu repúdio à matéria veiculada no site do jornal O Povo (07/03/2018), sem assinatura, com o título “Após expulsão em jogo, Tutuba é flagrado cometendo três infrações de trânsito”, apresentando caráter difamatório, sensacionalista e tendencioso sobre o mascote e personagem lúdico do Clube, Tutuba.

A redação da matéria demonstrou total desconhecimento do ocorrido, citando: “O torcedor símbolo do Ferrão foi flagrado dirigindo uma Hilux usando máscara (…). Os registros são do momento em que o mascote se dirigia ao PV”. A verdade é que o personagem sequer chegou ao estádio dirigindo o veículo. O mascote apenas entrou no lugar do motorista, conduziu o veículo na frente do estádio, acenou para os torcedores e desceu do transporte. Toda esta ação teve duração de aproximadamente quinze segundos.

Queremos ressaltar que a ação realizada pelo Tutuba pode ser comparada às atividades dos personagens dos “Trenzinhos da alegria”, que igualmente são mascarados, com o mesmo propósito de divertir o público. Entretanto, existem riscos reais para estes personagens, pois estão em constante movimento em via pública de grande fluxo, sem equipamento de segurança, o que compromete a integridade física dos mesmos. Diferente da situação isolada do Tutuba, onde em nenhum momento correu riscos e nem comprometeu a sua integridade física ou de outros ao seu redor.

Vale salientar que a chegada foi divulgada pelo Clube, pois se tratava de uma situação única. Onde após ter sido expulso no clássico contra o Fortaleza, o mascote retornava, justamente em um novo clássico. Em nenhum momento foi proposto apresentar a irresponsabilidade no trânsito ou má conduta.

A respeito do trecho “Adepto do estilo de ‘Vida Loka’, porém, Tutuba parece não se importar”, afirmamos que nunca em sua história o mascote Tutuba, demonstrou estar adepto a tal estilo referido. A utilização do termo foi totalmente desnecessária e incabível. Retificamos também a redação da matéria, que não se trata de um “torcedor símbolo” do Clube usando “máscara”, mas do mascote Tutuba em sua fantasia característica.

Quando na matéria diz que “O comportamento transgressor do Tutuba é reincidente”, queremos pontuar que em nenhum momento dentro ou fora de campo foi levantada a bandeira da violência ou do desrespeito às normas de leis de trânsito. Inclusive, o próprio personagem-mascote é comumente trabalhado em eventos e ações que visam a paz e o respeito entre todos.

Diante dessa lamentável publicação, a Diretoria do Clube interpreta que tal conteúdo teve foco notadamente maldoso, com a apresentação distorcida do fato, que teve inicialmente apenas o objetivo de entreter os fãs do mascote, assim como os torcedores do Ferroviário.

Acreditamos que o autor desconhecido do texto, ao invés de desperdiçar seu tempo com uma matéria sem grande importância, deveria buscar pautas que tenham maior relevância para a categoria esportiva. Desde já, convidamos a redação do Jornal O Povo para visitar a Vila Olímpica Elzir Cabral, com o propósito de captar um material de entrevistas e fotos próprias e outras pautas mais interessantes.

Compartilhe nas redes sociais

Comente essa notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não obrigatoriamente representam a opinião do Ferroviário Atlético Clube. Mensagens que contrarie a lei, que ofenda o direito de terceiros, que incite a violência, que promova qualquer tipo de discriminação racial, religiosa, sexual, de idade ou contra povos, por exemplo, ou que afronte os valores médios presumidos da sociedade são considerados conteúdos ilegais ou impróprios e poderão ser excluídos e/ou, até, sofrer consequências jurídicas.