Ferroviário Atlético Clube

Ferroviário Atlético Clube

NOTÍCIA

Esclarecimentos sobre o local do clássico contra o Fortaleza EC

29 de Fevereiro de 2020

O Ferroviário Atlético Clube vem esclarecer, aos seus sócios, sua torcida e desportistas em geral, os fatos relacionados ao local da partida do jogo da próxima quarta-feira, dia 4 de março, diante do Fortaleza Esporte Clube, cujo tema já conquistou ampla exploração da mídia local.

Pelo horário marcado na tabela, 21h30;
Por ser o Ferroviário o time com mais jogos transmitidos ao vivo pela TV em sua própria cidade – o que indica que este também será transmitido;
E pelo histórico de baixo público em jogos similares – citamos, como exemplo, o também clássico contra o Ceará, com transmissão ao vivo pela TV, no Estádio Presidente Vargas (PV), nesta mesma competição, no ano passado, quando a renda da partida ficou negativa em quase 10 mil reais;

O Ferroviário, como mandante do jogo, usou de seu direito, decidiu e solicitou à Federação Cearense de Futebol (FCF), via meios oficiais de comunicação, por duas vezes, sendo a primeira com bastante antecedência, ainda no dia 22 de janeiro, que o local fosse marcado para o Estádio Elzir Cabral, de propriedade do clube e com todos os laudos aptos a realizar partidas oficiais.

Infelizmente, todos os pedidos foram ignorados e sequer respondidos pela FCF, que publicou tabela atualizada no dia 21 de fevereiro marcando o referido jogo para o PV. Em tentativa de contato com o presidente Mauro Carmélio, recebeu a simples resposta de que não haveria segurança.

Inconformado com a situação, o Ferroviário interpôs, dia 27 de fevereiro, no Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Estado do Ceará (TJDF-CE), um Mandado de Garantia com Pedido de Liminar requerendo transferência do jogo, portanto, para o Elzir Cabral, com garantias de segurança particular, através de seu patrocinador, se necessário.

Porém, o presidente Dr. Tiago Albano, em decisão datada de 28 de fevereiro, indeferiu o pedido sob o argumento de que o estádio se encontra liberado com restrições, pois não reúne as condições necessárias para abrigar os chamados clássicos (onde se insere a partida contra o Fortaleza), nem os jogos de grande e manifesto apelo popular. Em novo pedido de reconsideração, novo indeferimento, inclusive, alternativamente, caso a partida seja mantida para o PV, que na reunião de plano de jogo, o Ferroviário tenha autonomia para decidir sobre a carga máxima de ingressos disponibilizados, setores do estádio que serão abertos e possibilidade de aluguel parcial da praça desportiva, ou, se negados os pedidos anteriores, que os custos do jogo sejam divididos entre os clubes mandante e visitante e a FCF.

A decisão principal do TJDF-CE tomou como base Ofícios espontâneos que circularam entre 3 e 12 de fevereiro, assinados pela Polícia Militar do Estado do Ceará (PM-CE), e de pleno desconhecimento do Ferroviário. A FCF era a única detentora destes documentos, os quais, rapidamente, foram utilizados pelo referido Tribunal. Vale ressaltar que a PM-CE realizou vistoria no Estádio Elzir Cabral no dia 14 de fevereiro, ou seja, em data posterior aos citados Ofícios.

Novamente inconformado, especialmente pela forma obscura como a situação vem sendo conduzida, o próximo passo do Ferroviário Atlético Clube é recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

É importante mais uma vez reforçar que a opção pelo Estádio Elzir Cabral, especificamente neste jogo contra o Fortaleza Esporte Clube, é por motivo de economia e buscando evitar prejuízos, visto que será preciso abrir o estádio todo, diferentemente do que acontece em jogos do Ferroviário contra equipes de menor porte. Por sinal, tal preocupação enterra uma certa lenda criada de que o futebol cearense é bancado por Ceará Sporting Club e Fortaleza Esporte Clube. Nesta competição, outros clubes mandantes já tiveram prejuízos jogando contra essas mesmas duas equipes.

O Estádio Elzir Cabral, no qual foram gastos mais de 100 mil reais em reformas e melhorias recentes, reúne totais condições e é, ou deveria ser, um direito do clube mandante fazer a escolha de onde deseja jogar. Assim como já escolhemos, e seguiremos escolhendo, a Arena Castelão ou o Presidente Vargas em outras situações.

O Ferroviário Atlético Clube lamenta todo esse imbróglio e, independente do que for imposto, estará pronto para enfrentar e realizar um grande jogo diante deste seu tradicional adversário, e conta com o apoio incondicional do seu fiel torcedor.

Compartilhe nas redes sociais



Comente essa notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não obrigatoriamente representam a opinião do Ferroviário Atlético Clube. Mensagens que contrarie a lei, que ofenda o direito de terceiros, que incite a violência, que promova qualquer tipo de discriminação racial, religiosa, sexual, de idade ou contra povos, por exemplo, ou que afronte os valores médios presumidos da sociedade são considerados conteúdos ilegais ou impróprios e poderão ser excluídos e/ou, até, sofrer consequências jurídicas.


Mais do Ferroviário

Todas as notícias
Ferroviário Atlético Clube
Rua Dona Filó, 650 - Barra do Ceará
CEP: 60330-060 - Fortaleza/CE - Brasil
Telefone: +55 (85) 3077.0878
Desenvolvido por