Ferroviário Atlético Clube

Ferroviário Atlético Clube

NOTÍCIA

Esclarecimento sobre a mudança do mando de campo do jogo contra o Corinthians

30 de Janeiro de 2019

Na tarde desta terça-feira (29), o Ferroviário comunicou por meio do vice-presidente, Newton Filho, do presidente do conselho deliberativo, Aderson Maia e do diretor de comunicação, Jeff Peixoto, em entrevista, todos os detalhes da negociação da venda do mando de campo do Ferroviário, na estreia da Copa do Brasil contra o Sport Club Corinthians Paulista.

O clube aceitou o valor proposto pela a empresa Roni7 Eventos que foi de R$ 450 mil, livres. O clube também tem direito a 30 pacotes de viagem, hospedagem e alimentação para a delegação que partirá para Londrina. Newton afirmou que o valor já se encontra na conta do Ferroviário.

O desejo da diretoria era de que o jogo fosse em nossa capital, mas visto que a proposta foi interessante visando o planejamento do Clube, coube aos membros da Diretoria e Conselho aceitarem.

“A gente queria que o jogo fosse aqui, mas a diretoria vem pautada dentro de uma responsabilidade financeira e de resgate do Ferroviário no cenário local e nacional. Quem acompanha o clube nota que a atual situação não é a mesma de 2015 e que vem acontecendo uma evolução gradativa. Esse crescimento passa por decisões pautadas na razão, como esta”, afirmou Newton Filho.

O Ferroviário estreia na Copa do brasil, contra o Corinthians, no próximo dia 7 de fevereiro, em Londrina, no Estádio do Café, às 20h (horário local).

Foto: Ronaldo Oliveira

Compartilhe nas redes sociais

Comente essa notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não obrigatoriamente representam a opinião do Ferroviário Atlético Clube. Mensagens que contrarie a lei, que ofenda o direito de terceiros, que incite a violência, que promova qualquer tipo de discriminação racial, religiosa, sexual, de idade ou contra povos, por exemplo, ou que afronte os valores médios presumidos da sociedade são considerados conteúdos ilegais ou impróprios e poderão ser excluídos e/ou, até, sofrer consequências jurídicas.